August 27, 2018 / 6:21 PM / a month ago

China quer reduzir riscos em empréstimos online e uso de ações como garantia

PEQUIM (Reuters) - A China continuará reduzir os riscos financeiros de empréstimos online e o uso de ações como garantia em atividades de crédito para proteger a estabilidade do mercado, disse o gabinete de Estado nesta segunda-feira.

O governo acelerará um mecanismo regulador de longo prazo para financiamento pela internet, disse o gabinete de Estado após reunião da sua Comissão de Estabilidade Financeira e Desenvolvimento, presidida pelo vice-premier chinês Liu He, acrescentando que os empréstimos online estavam sob controle.

A reunião acontece poucos dias depois que um grupo de trabalho do governo encarregado de reprimir os riscos financeiros online propôs 10 novas medidas para reduzir os riscos causados ​​pelo problemático setor de empréstimos entre pessoas para proteger a estabilidade social e financeira.

Pelo menos 243 plataformas de empréstimos online fecharam desde junho. Em todo o país, as pessoas que perderam tudo investindo em fintechs foram às ruas protestar, mas a maioria das manifestações foi rapidamente abafada pelas autoridades.

No comunicado divulgado nesta segunda-feira, a comissão também disse que a China aprofundará as reformas de seus mercados de capital para melhor atender à economia real.

Isso inclui medidas para melhorar a qualidade das empresas listadas em bolsa, reformar o sistema de emissão de ações e ampliar fontes de financiamento estáveis ​​e de longo prazo para os mercados de capitais do país, informou o gabinete em nota.

Por Shu Zhang

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below