September 11, 2018 / 12:50 PM / 15 days ago

Ações da Pharol recuam até 4,9% após prejuízo no 1º semestre; Oi pressiona

LISBOA (Reuters) - As ações da holding Pharol, maior acionista da operadora de telefonia Oi, chegaram a cair 4,9 por cento nesta terça-feira, após a empresa ter divulgado prejuízo no primeiro semestre deste ano, segundo traders.

“A Pharol apresentou resultados abaixo do esperado principalmente porque tem um componente dos seus resultados dependente do real brasileiro, com a sua operação na Oi”, disse Carla Santos, trader da XTB.

Ela acrescentou que “a instabilidade dos mercados emergentes está tirando a confiança nas empresas que mantêm relações externas com estes países”.

A Pharol teve um prejuízo de 2,8 milhões de euros no primeiro semestre de 2018, “valor justificado essencialmente pelos custos operacionais recorrentes”, ante lucro ajustado dos efeitos não recorrentes do investimento na Oi de 200 mil euros há um ano.

Com o recente aumento de capital da Oi por conversão de dívida, dentro do plano de recuperação judicial, a Pharol passou a deter uma posição na empresa brasileira inferior a 8 por cento.

Por volta das 9:40 (horário de Brasília), as ações das Pharol operavam em queda de 4,24 por cento.

Por Gonçalo Almeida

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below