October 2, 2018 / 6:56 PM / 2 months ago

Tesla está preocupada com tarifas da China mesmo com salto nas entregas

(Reuters) - A Tesla anunciou nesta terça-feira uma produção recorde trimestral de automóveis, mas alertou sobre grandes problemas com a venda de carros na China devido às novas tarifas que obrigariam a montadora de carros elétricos a acelerar os investimentos em sua fábrica em Xangai.

02/10/2018 REUTERS/Joseph White

A montadora sediada na Califórnia, que está saindo de meses de turbulência em torno do seu presidente-executivo, Elon Musk, confirmou números vazados para um site de notícias do setor na segunda-feira que mostraram que a empresa produziu cerca de 80 mil carros no terceiro trimestre.

Musk avisou há um mês que a Tesla estava enfrentando gargalos de entrega. O recorde de 83,5 mil carros superou as previsões da Wall Street e incluiu a entrega de 55,84 mil sedãs Model 3 considerados cruciais para o objetivo da empresa de se tornar rentável.

Os números inicialmente levaram a uma alta das ações da Tesla, que posteriormente passaram a operar em queda, com os investidores preocupados com a advertência da empresa de que uma tarifa de 40 por cento sobre as importações chinesas de seus carros estava bloqueando as vendas no maior mercado de carros elétricos do mundo.

Por volta das 15:00, as ações da Tesla recuavam cerca de 1,6 por cento, a 305 dólares.

“Este é um passo na direção certa, mas ainda resta mais trabalho”, disse Gene Munster, chefe de pesquisa da corretora Loup Ventures.

METAS

A Tesla informou na terça-feira que ficou abaixo da meta de produção de 6 mil unidades do Model 3 em 700 carros na última semana de setembro e descreveu os obstáculos enfrentados devido ao agravamento da guerra comercial do presidente Donald Trump com a China.

A Tesla informou que está acelerando a construção de sua grande fábrica em Xangai para combater uma enorme desvantagem competitiva em relação a outros fabricantes e até mesmo em relação a outros carros importados, que têm uma tarifa menor de 15 por cento.

“A Tesla está agora operando com uma desvantagem de custo de 55 a 60 por cento em comparação com o mesmo carro produzido localmente na China”, disse a empresa.

Em julho, Musk fez um acordo com as autoridades chinesas para construir uma nova fábrica de automóveis em Xangai, a primeira fora dos Estados Unidos e crucial para dobrar sua capacidade global.

No terceiro trimestre, a empresa produziu 53.239 automóveis Model 3, em linha com a meta de 50 mil a 55 mil carros. A Tesla atingiu pela primeira vez a meta antiga de produção de 5 mil veículos por semana no final de junho, após uma série de gargalos de produção e atrasos.

“Com a produção estabilizada, a entrega e a logística de saída de veículos foram nossos principais desafios durante o terceiro trimestre”, disse a empresa nesta terça-feira.

“Fizemos muitas melhorias nesses processos ao longo do trimestre e planejamos fazer mais melhorias no quarto trimestre para podermos escalar com sucesso.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below