for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Telecom Argentina vai adiar investimento por fraqueza do peso, diz presidente

Logo da Telecom Argentina em frente a um de seus prédios em Buenos Aires, na Argentina. 7/07/2017. REUTERS/Marcos Brindicci.

BUENOS AIRES (Reuters) - A operadora de telecomunicações Telecom Argentina afirmou nesta sexta-feira que os planos de investimento em expansão de redes e melhoria de infraestrutura no país vão levar mais tempo que o esperado por causa da desvalorização do peso.

A Telecom Argentina vai investir pouco mais de 1,3 bilhão de dólares neste ano, mas o plano de 5 bilhões de dólares não será completado até 2020, afirmou o presidente-executivo da companhia, Carlos Moltini, a jornalistas.

O plano de 5 bilhões de dólares foi anunciado em janeiro, voltado a melhoria de conectividade e serviços de comunicação, depois que o presidente Mauricio Macri reviu regulamentações do mercado de telecomunicações argentino.

“Quando anunciamos, estamos vivendo em um mundo de 20 pesos por dólar e agora estamos em um mundo de 40 pesos por dólar”, disse Moltini.

O peso argentino perdeu cerca de 50 por cento de seu valor este ano, levando o governo a acertar um pacote de financiamento de 57 bilhões de dólares junto ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

“Ainda estamos tendo dificuldades para entender o tamanho que nossos negócios terão em 2019. Precisamos de um pouco mais de clareza antes de investirmos aqueles 5 bilhões”, disse Moltini.

Por Eliana Raszewski

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up