November 27, 2018 / 12:07 PM / 21 days ago

Ericsson vê adesões a 5G chegando a 1,5 bilhão de usuários em 2024

Sede da Ericsson em Estocolmo, Suécia, 14/06/2018 REUTERS/Olof Swahnberg

ESTOCOLMO (Reuters) - A fabricante de celulares e equipamentos de redes móveis Ericsson vê um crescimento de 50 por cento nas assinaturas de tecnologias 5G até 2024, para 1,5 bilhão de usuários, cobrindo mais de 40 por cento da população mundial. 

A América do Norte e o nordeste da Ásia devem liderar a assimilação do 5G, e as grandes operadores norte-americanas devem começar a oferecer o serviço ainda neste ano ou em 2019, com as implementações globais das redes começando a partir de 2020.

As primeiras adesões ao 5G na Europa são esperadas para 2019, disse a Ericsson em seu Relatório semestral de Mobilidade. 

A indústria de equipamentos e redes de telecomunicações móveis está passando por um período difícil, com a queda da demanda por equipamentos de redes 4G ou dos mais antigos 3G e 2G, enquanto uma demanda sólida por redes 5G de nova geração ainda está a alguns anos de distância.

A sueca Ericsson,  que no relatório desta terça-feira fez sua primeira previsão para 2024, vê um total de 8,9 bilhões de contas globais de celulares até o final de 2024, 5 bilhões a mais que no final deste ano.

A nova geração de tecnologia para telefones celulares deve trazer velocidades de dados muito mais altas e acomodar uma maior variedade de dispositivos conectados.

Reportagem de Helena Soderpalm e Olof Swahnberg 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below