January 16, 2019 / 6:33 PM / in 9 months

IAC processa cofundador do Tinder por documentos comerciais e escala briga judicial

Estande do Tinder em feira na Califórnia. 8/03/2018. REUTERS/Monica Almeida.

(Reuters) - A empresa de relacionamentos online Match Group e seu proprietário, a IAC/InterActiveCorp, entraram com uma ação na terça-feira acusando Sean Rad, um ex-funcionário conhecido por cofundar o popular serviço de encontros Tinder, de roubar arquivos da empresa e outras informações proprietárias.

O processo, aberto na corte estadual em Manhattan, ocorreu seis meses depois que Rad e outros cofundadores do Tinder processaram a IAC, acusando-a de deflacionar o valor do Tinder para evitar o pagamento a eles.

O Tinder é um dos vários serviços de relacionamento sob o guarda-chuva do Match Group, que é na sua maioria de propriedade da IAC.

Reportagem de Jan Wolfe

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below