January 24, 2019 / 5:25 PM / 5 months ago

Parlamentares russos apoiam proposta de prisão para quem insultar autoridades online

Parada militar na Praça Vermelha em Moscou, Rússia 07/11/2018 REUTERS/Maxim Shemetov

MOSCOU (Reuters) - Parlamentares russos apoiaram uma proposta nesta quinta-feira que prevê prisão por até 15 dias para quem insultar autoridades online e outra proibindo a disseminação de notícias falsas, em medidas que a oposição afirma que visam reprimir dissidência.

Os dois projetos de lei foram aprovados na primeira das três leituras na Câmara de Deputados, com 332 e 336 votos, respectivamente, de acordo com a agência de notícias TASS.

Uma das propostas prevê introduzir multas de até 5 mil rublos (76 dólares) ou 15 dias de detenção para pessoas que expressarem desrespeito flagrante a agências do governo, ao Estado, ao público, à bandeira ou constituição.

A outra propõe imposição de multas de até 5 mil rublos para indivíduos que circularem certos tipos de notícias falsas e de até 1 milhão de rublos para companhias que o fizerem.

As propostas ainda precisam ser aprovadas em mais duas leituras na Câmara antes de serem levadas ao Senado e convertidas em lei pelo presidente Vladimir Putin.

Por Tom Balmforth e Vladimir Soldatkin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below