February 15, 2019 / 11:44 AM / in 8 months

Índice de vendas no varejo da Cielo apura alta de 3,5% em janeiro

Consumidores fazem compras em São Paulo 21/12/2016 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas no varejo brasileiro tiveram alta de 3,5 por cento em janeiro sobre o mesmo mês do ano passado, descontada a inflação, informou nesta sexta-feira a empresa de meios de pagamento Cielo, cujo indicador ICVA acompanha 1,4 milhão de pontos de vendas ativos credenciados à companhia no país.

“O varejo iniciou o ano de 2019 seguindo o mesmo ritmo de crescimento registrado no fim do ano passado”, disse Gabriel Mariotto, diretor de inteligência da Cielo, em comunicado ao mercado.

“Tivemos aceleração em setores importantes como supermercados e hipermercados, postos de combustíveis e vestuário, mas os setores relacionados a Serviços acabaram puxando a média para baixo”, acrescentou.

O desempenho de janeiro ocorreu após alta de 3,3 por cento em dezembro e de 4,4 por cento em novembro.

Na quarta-feira, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que, em dezembro, as vendas no varejo brasileiro caíram 2,2 por cento na comparação com novembro, em um resultado esperado depois da disparada das vendas do mês anterior devido à Black Friday. Esse foi o pior resultado mensal para as vendas varejistas desde janeiro de 2016, após alta de 3,1 por cento em novembro sobre outubro. Sobre dezembro de 2017, o setor apresentou ganho de 0,6 por cento em dezembro, segundo o IBGE.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below