February 15, 2019 / 1:24 PM / in 10 months

Setor de telecomunicações sugere testes de rede na Europa para evitar exclusão da Huawei

Loja da Huawei em Madri, na Espanha 07/02/2019 REUTERS/Juan Medina

FRANKFURT (Reuters) - A indústria de telecomunicações pediu aos governos europeus que se juntem às operadoras de telefonia móvel para o estabelecimento de um regime de testes de segurança de rede sem que seja preciso recorrer à medida de exclusão de fornecedores do mercado.

A iniciativa da GSMA, que representa 800 operadoras de telefonia celular em todo o mundo, acontece em um momento em que os Estados Unidos pressionam seus aliados para proibirem equipamentos da chinesa Huawei em suas redes de telecomunicações por motivos de segurança nacional.

As operadoras alertam que a proibição de um fornecedor aumentará os custos para eles e seus clientes, atrasará a implantação de serviços 5G em anos e possivelmente prejudicará as redes existentes.

“Tais conseqüências significativas, intencionais ou não, são totalmente evitáveis”, disse a GSMA em um comunicado divulgado há pouco mais de duas semanas antes da realização de Congresso Mundial de Telefonia Móvel em Barcelona.

O evento do setor, que terá a participação de mais de 100 mil visitantes, também deverá apresentar uma discussão a portas fechadas entre os presidentes da empresas de telecomunicações sobre os riscos para a indústria se mais governos proibirem a Huawei, disseram fontes.

A Huawei, membro associado da GSMA, é tradicionalmente uma das maiores expositoras de Barcelona. O líder mundial de mercado em equipamentos para redes de telecomunicações e número dois em smartphones deve lançar um novo aparelho na véspera do evento.

A GSMA disse que estava montando uma força-tarefa de operadores europeus para identificar maneiras de melhorar os regimes de testes existentes executados por operadores individuais, por laboratórios terceirizados ou em parceria com o 3GPP, o órgão de padronização do 5G.

A entidade recomendou que governos e operadoras de telefonia móvel trabalhem juntas para chegar a um acordo sobre um regime de testes para a Europa “para garantir a segurança da rede enquanto mantém a concorrência no fornecimento de equipamentos”.

Em resposta, a Huawei disse: “Estamos comprometidos em trabalhar globalmente com todos os envolvidos na segurança de rede: parceiros, fornecedores, reguladores e governos, para encontrar a melhor maneira de garantir a segurança e a privacidade dos dados.”

Por Douglas Busvine

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below