February 28, 2019 / 2:59 PM / 8 months ago

Demissões no setor de carros autônomos da Apple pode dar dicas sobre futuro da divisão

(Reuters) - A Apple informou nesta quarta-feira que planeja demitir 190 funcionários de seu programa de carros autônomos, o Projeto Titan, uma medida que pode indicar possíveis rumos da companhia para essa área.

REUTERS/Jason Lee/File Photo

A empresa de tecnologia disse em um comunicado a reguladores que planejava demitir pessoas de oito diferentes instalações do condado de Santa Clara, perto de sua sede em Cupertino, Califórnia, a partir de 16 de abril. Um porta-voz da empresa confirmou que os cortes são relativos ao programa de carros autônomos.

Embora a fabricante do iPhone tenha assumido seu interesse em carros autônomos em termos amplos, nunca detalhou com exatidão com quais tecnologias está trabalhando e se pretende construir um veículo completo ou os sensores, sistema de computador e o software para controlá-los.

Os documentos públicos apresentados a reguladores fornecem algumas pistas previamente não reveladas.

Entre os demitidos estavam pelo menos duas dúzias de engenheiros de software, incluindo um engenheiro de aprendizado de máquina, e 40 engenheiros de hardware, de acordo com uma carta enviada pela Apple aos reguladores de emprego da Califórnia no início deste mês.

Algumas das posições sugerem produtos físicos para os consumidores: três engenheiros de design de produto e um engenheiro de ergonomia enfrentaram demissões. Um supervisor de máquinas estava entre as reduções, embora não esteja claro quantos operadores reportavam ao supervisor e se eram fabricadas peças automotivas ou peças menores para eletrônicos e sensores.

As demissões parecem ser a primeira grande reformulação do Projeto Titan sob o comando de Doug Field, que retornou à Apple no ano passado como vice-presidente de Projetos Especiais após um período na fabricante de carros elétricos Tesla.

A Apple opera o projeto do carro com muita discrição, com apenas cerca de 5 mil dos 140 mil funcionários em tempo integral incluídos, segundo documentos judiciais sobre furto de segredos comerciais apresentado neste ano contra um ex-funcionário.

Cerca de 1.200 desses são funcionários “centrais” que estão “trabalhando diretamente no desenvolvimento do projeto”, segundo a denúncia, que foi revelada em janeiro.

Apesar das mudanças no número de funcionários, a empresa parece ter aumentado seus testes nas estradas da Califórnia. Em um documento apresentado a reguladores no início deste mês, a Apple informou que registrou quase 80 mil milhas de testes em seu Estado natal em 2018, superando em muito as menos de mil milhas registradas no ano anterior.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below