March 1, 2019 / 2:55 PM / 6 months ago

Tesla lança Model 3 por US$35 mil, vê prejuízo no 1º tri

Versão 2018 do carro elétrico Tesla Model 3 em Cardiff, Califórnia 01/06/2018 REUTERS/Mike Blake

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - A Tesla anunciou na quinta-feira uma versão de 35 mil dólares do sedã elétrico Model 3, com vendas exclusivas pela internet, e disse que provavelmente não será lucrativa no primeiro trimestre.

A nova versão de 35 mil dólares marcou a terceira vez neste ano que a Tesla reduziu o preço do Model 3, que até recentemente era vendido a partir de 42.900 dólares. A versão tem velocidade máxima de 209 quilômetros por hora e pode ir de zero a 100 quilômetros por hora em 5,6 segundos, segundo a montadora.

O aviso do presidente-executivo, Elon Musk, sobre o lucro durante uma teleconferência com jornalistas, que não incluiu a Reuters, contrastou com as declarações de Tesla no mês passado de que esperava um lucro líquido “muito pequeno” no primeiro trimestre.

A queda no preço do Model 3 pode acabar com preocupações de alguns analistas de que a demanda pelas versões mais caras do carro estava começando a secar nos Estados Unidos, especialmente depois que um subsídio federal foi cortado pela metade este ano.

“A Tesla quer aumentar a demanda”, disse Chaim Siegel, da Elazar Advisors. “Houve uma desaceleração nos EUA à medida que os subsídios caíram. Haverá mais crédito no final do ano, então eles estão tentando ser pró-ativos.”

Musk sempre afirmou que sua estratégia para a Tesla era montar carros de preço mais alto - os Model S e X - cujo sucesso acabaria por incentivar a companhia a produzir um modelo de massa, seguido por um SUV, o Modelo Y, que está atualmente em desenvolvimento. Mas os clientes que reservaram o Model 3 a esse preço mais baixo esperaram quase três anos desde que Musk prometeu isso pela primeira vez.

Uma estratégia de vendas apenas online, junto com outras mudanças, permitirá que os preços dos veículos caiam em cerca de 6 por cento, em média, disse a Tesla. Nos próximos meses, a montadora vai fechar “muitas” de suas lojas, enquanto investe em sistema de serviços.

As vendas apenas online representam uma mudança dramática para a empresa que se orgulha de suas lojas em formato de butique. Em junho de 2017, Musk se comprometeu a aumentar o número de lojas, dizendo que “mal tocaram na superfície” do que era possível.

No final do ano passado, a Tesla disse que tinha 378 lojas e centros de serviços.

Por Alexandria Sage

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below