March 6, 2019 / 11:51 PM / 3 months ago

Huawei deve anunciar processo contra EUA

Logotipo da Huawei. 12/2/2019. REUTERS/Dado Ruvic

HONG KONG (Reuters) - A Huawei deve anunciar na quinta-feira um processo contra os Estados Unidos, intensificando a reação contra uma campanha que visa remover a companhia de mercados ocidentais, por temores de que seus equipamentos de telecomunicações possam ser usados por Pequim para espionagem.

A companhia embarcou numa ofensiva legal e de relações públicas nos últimos dois meses, à medida que Washington tenta convencer aliados a abandonarem a Huawei na montagem de redes móveis de quinta geração (5G), usando como argumento uma lei chinesa de 2017 que requer que companhias cooperem com trabalhos da inteligência nacional.

O fundador e CEO da Huawei, Ren Zhengfei, tem dito que a empresa, maior fabricante de equipamentos de telecomunicações do mundo, nunca compartilhou e nunca compartilhará dados com o governo chinês.

A planejada ação jurídica e a abordagem de relações públicas se comparam com uma resposta mais contida em dezembro enfatizando a confiança na justiça quando sua diretora financeira, Sabrina Meng Wanzhou, foi presa em Vancouver a pedido dos Estados Unidos.

Os Estados Unidos acusaram Meng —filha de Ren— de fraude bancária e de telecomunicações relacionadas a violações de sanções comerciais contra o Irã.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below