March 27, 2019 / 9:07 PM / 3 months ago

China endurece regras de subsídios para empresas de veículos de novas energias

PEQUIM (Reuters) - A China elevou os padrões para veículos de energia nova (NEV) que se qualificam para subsídios, e reduziu o valor oferecido a empresas, já que procuram afastar o setor do apoio do governo.

O país lançou um grande programa de subsídio de 5 anos para o setor de NEV em 2016 para apoiar vendas e inovação. Mas vem esvaziando lentamente o programa e planeja descontinuar subsídios após 2020, em meio a críticas de que algumas empresas se tornaram excessivamente dependentes dos fundos.

O Ministério das Finanças chinês disse na terça-feira que cortará nos próximos três meses o subsídio para carros elétricos com autonomia de 400 quilômetros e acima de 25 mil iuans (3.720 dólares) por veículo, do valor anterior de 50 mil iuans.

Além disso, elevou os padrões para veículos elegíveis para subsídios, dizendo que os carros elétricos precisam ter um autonomia de pelo menos 250 quilômetros, em comparação com os 150 quilômetros anteriores.

Por Yilei Sun e Brenda Goh

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below