April 1, 2019 / 3:58 PM / 3 months ago

Facebook elimina contas ligadas ao partido Congresso da Índia e forças armadas do Paquistão

NOVA DÉLHI/ISLAMABAD (Reuters) - O Facebook excluiu 712 contas e 390 páginas na Índia e no Paquistão por “comportamento não autêntico”, divulgou nesta segunda-feira, muitos deles ligados ao partido de oposição, Congresso, dias antes de uma eleição geral, e outros relacionados com o exército do Paquistão.

01/04/2019 REUTERS/Akhtar Soomro

O Facebook está sob crescente pressão em todo o mundo para garantir que sua plataforma de mídia social não seja usada para fins políticos ou para disseminar informações erradas, especialmente antes das eleições.

A ação contra contas com supostas ligações com o Congresso, o partido liderado pela família Gandhi que dominou a política indiana durante grande parte da era pós-independência, marca uma jogada ousada do Facebook, especialmente porque tem mais de 300 milhões de usuários na Índia.

O Facebook é uma importante ferramenta de campanha política na eleição da Índia - o maior exercício de democracia do mundo - que começa em 11 de abril.

Enquanto o primeiro-ministro Narendra Modi e seus rivais usam contas oficiais do Facebook para enviar mensagens políticas a milhões de seguidores, milhares de páginas não verificadas também compartilham mensagens para apoiar ou criticar políticos.

Entre as coisas mais significativas que foram removidas, o Facebook disse ter retirado 549 contas e 138 páginas ligadas ao Congresso da Índia por “comportamento não autêntico coordenado”.

O Facebook disse que também baniu 15 contas ligadas a uma empresa indiana chamada Silver Touch. O chefe da política de segurança cibernética do Facebook, Nathaniel Gleicher, disse à Reuters que a empresa estava “associada” a um aplicativo móvel promovido pelo Partido Bharatiya Janata (BJP), de Modi.

Em um tweet, o Partido Congresso disse que nenhuma de suas páginas oficiais ou as de seus voluntários verificados foram retiradas. O partido está aguardando uma resposta do Facebook para fornecer uma lista de todas as páginas e contas que foram removidas, disse.

No Paquistão, o Facebook disse que removeu páginas e contas no Facebook e no Instagram que espalham informações sobre a política paquistanesa, o governo indiano e o exército paquistanês.

Essas contas estavam sendo executadas por funcionários do braço de relações públicas do exército paquistanês, o Inter Services Public Relations (ISPR), disse o Facebook.

Nenhum comentário foi disponibilizado imediatamente pela ISPR.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below