April 8, 2019 / 6:17 PM / 5 months ago

Reino Unido planeja fazer vigilância de redes sociais para combater conteúdo nocivo

Por Paul Sandle e Elizabeth Piper

(Reuters) - O Reino Unido propôs nesta segunda-feira novas leis de segurança online que criam penalidades a empresas de mídia social e de tecnologia se elas não protegerem os usuários de conteúdo considerado como nocivo.

As empresas de internet podem enfrentar grandes multas, com os seus chefes sendo pessoalmente responsáveis, sob regras a serem policiadas por um regulador independente.

Nos casos mais graves, as empresas também poderiam ser proibidas de operar no Reino Unido se não fizerem tudo o que for razoavelmente prático para erradicar o conteúdo nocivo.

“Estamos colocando um dever legal nessas empresas para manter os usuários seguros; e se eles não o fizerem, duras punições serão impostas”, disse a primeira-ministra, Theresa May, em um vídeo online. “A era das empresas de mídia social que regulam a si mesmas acabou.”

O secretário de mídia Jeremy Wright disse que a legislação proposta - a mais dura do mundo - se aplica a qualquer empresa que permita aos usuários compartilhar ou descobrir conteúdo ou interagir online, como sites de mídia social, fóruns de discussão, serviços de mensagens e mecanismos de busca.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below