April 30, 2019 / 11:29 PM / 4 months ago

Fintech de pagamentos SumUp estreia no Chile

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de pagamentos alemã SumUp vai estrear no mercado chileno na quinta-feira (2) por meio de uma joint venture com o banco estatal BancoEstado, com um investimento de 15 milhões de dólares, num movimento para enfrentar o monopólio exercido no segmento de adquirência de cartões exercido pela Transbank.

Após um projeto piloto com cerca de 20 mil lojistas no país, a joint venture estreia oficialmente sob a marca Compraquí, e vai operar com as bandeiras domésticas de cartões de débito e as de crédito Visa e MasterCard.

O movimento sublinha os planos de expansão da companhia na América Latina. No Brasil, onde opera desde 2012, a SumUp tem atualmente cerca de um milhão de terminais de pagamentos.

A companhia inicia com uma equipe de cerca de 30 pessoas no Chile, mercado que espera ser um de seus 5 maiores já em 2019.

“Ao vermos o tamanho do potencial do mercado, o fato de que os clientes eram servidos com um player monopolista ficamos empolgados para iniciar as operações no Chile”, afirmou o executivo da SumUp Igor Marchesini.

Por Aluísio Alves

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below