May 10, 2019 / 3:35 PM / 7 months ago

Índia ordena investigação antitruste contra Google por suposto abuso de posição dominante

Evento do Google em Nova Délhi, Índia 27/09/2016 REUTERS/Adnan Abidi

NOVA DÉLHI (Reuters) - O órgão antitruste da Índia ordenou uma investigação sobre o Google, por suspeitas de uso do sistema operacional Android para bloquear rivais, disseram duas fontes Reuters.

A Comissão de Concorrência da Índia (CCI) no ano passado começou a investigar a queixa, que é similar a uma que o Google enfrentou na Europa e que resultou em uma multa de 4,34 bilhões de euros sobre a empresa, informou a Reuters em fevereiro.

Em meados de abril, a CCI decidiu que havia mérito nas acusações feitas na denúncia e ordenou o lançamento de uma investigação completa, disse uma das fontes com conhecimento direto do assunto.

“É um caso forte para a CCI, dado o precedente da União Europeia”, disse a primeira fonte. “A CCI descobriu (preliminarmente) que o Google abusou de sua posição dominante.”

A investigação será concluída em cerca de um ano e os executivos do Google provavelmente serão convocados para comparecer perante o CCI nos próximos meses, disse a fonte.

Um porta-voz do Google disse que o Android permitiu que milhões de indianos se conectassem à internet, tornando os dispositivos móveis mais acessíveis. O Google quer trabalhar com a CCI “para demonstrar como o Android levou a mais concorrência e inovação, e não menos”, disse o porta-voz.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below