May 22, 2019 / 3:00 PM / 5 months ago

Operadora britânica EE lançará rede 5G na próxima semana, sem aparelhos da Huawei

REUTERS/Suzanne Plunkett

LONDRES (Reuters) - A EE, maior operadora de telefonia móvel do Reino Unido, pretende lançar o primeiro serviço 5G do país na semana que vem, mas não oferecerá celulares da Huawei até que o futuro da empresa chinesa fique claro após os Estados Unidos incluírem a empresa em uma lista negra de comércio.

A EE, de propriedade do ex-monopólio britânico de telecomunicações BT, disse que planeja lançar a rede 5G em seis cidades, incluindo Londres, a partir de 30 de maio. A empresa pretende ter 1.500 locais com 5G até o final de 2019.

O mercado esperava que os aparelhos Huawei estivessem entre os celulares disponíveis nas novas redes de alta velocidade.

Mas o presidente-executivo da EE, Mark Allera, disse a jornalistas que o uso dos dispositivos 5G da Huawei já estava em pausa até que a operadora tenha certeza de que os modelos terão suporte durante todo seu ciclo de uso.

A Huawei, segunda maior fabricante de celulares do mundo, utiliza a plataforma Android, do Google, fora da China, mas o Departamento de Comércio dos EUA impediu na semana passada que a empresa chinesa compre produtos dos EUA, colocando em dúvida futuras atualizações de software.

A gama de smartphones 5G da EE incluirá agora modelos da Samsung, LG e OnePlus.

Paul Sandle

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below