June 4, 2019 / 4:21 PM / 14 days ago

Uber diz que declarações fiscais de 2013-14 são alvo de investigação da Receita Federal dos EUA

Logotipo do Uber é visto na tela de um smartphone. 7/5/2019. REUTERS/Kacper Pempel/Illustration

(Reuters) - A Receita Federal dos Estados Unidos está auditando os impostos da Uber de 2013 e 2014 e a empresa espera que os benefícios fiscais não reconhecidos sejam reduzidos no próximo ano em pelo menos 141 milhões de dólares.

Em um relatório trimestral nesta terça-feira, a Uber disse que várias autoridades fiscais estaduais e estrangeiras também estavam investigando seus impostos e que atualmente não é possível definir um cronograma ou estimativa definitiva sobre os ajustes gerais que podem resultar disso.

O valor refere-se apenas às suas posições de preços de transferência, que se refere à prática de cobrança de serviços entre empresas em diferentes países ou jurisdições para reduzir o valor de impostos pagos.

Especialistas do setor caracterizam os preços de transferência como uma estratégia relativamente arriscada, que normalmente está entre as principais preocupações tributárias das multinacionais e tem sido usada por autoridades no passado para ir atrás da Apple e da Amazon.

“Embora o momento da resolução e/ou fechamento das auditorias seja altamente incerto, é razoavelmente possível que o saldo dos benefícios fiscais brutos não reconhecidos possa mudar significativamente nos próximos 12 meses”, disse o Uber.

A Uber não respondeu a um pedido de informações adicionais.

Por Vibhuti Sharma, Tanvi Mehta e Karina

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below