June 13, 2019 / 4:58 PM / 5 months ago

Uber não consegue redução de tarifa sobre bicicletas elétricas produzidas na China

Bicicletas elétricas "Jump", do Uber, estacionadas numa rua em San Diego, Califórnia. 23/4/2019. REUTERS/Mike Blake

WASHINGTON (Reuters) - O Escritório de Representantes Comerciais dos Estados Unidos rejeitou o pedido do Uber para uma redução de 25% nas tarifas impostas às bicicletas elétricas fabricadas na China, segundo uma carta de 29 de maio.

As bicicletas “Jump”, que operam em mais de uma dezena de cidades dos Estados Unidos, estavam entre os 16 bilhões de dólares em produtos chineses atingidos pelo governo Trump com novas tarifas em agosto.

O Uber não comentou imediatamente, mas observou que 96% das motos elétricas vendidas nos Estados Unidos são fabricadas na China e disse que as tarifas “causaram danos desproporcionais à inovação e à competitividade das plataformas de transporte digital dos EUA”.

Por David Sherpardson

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below