for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Nova York pode proibir anúncios dentro de carros de aplicativos, diz tribunal

18/05/2018 REUTERS/Lucy Nicholson/File Photo - RC1974DC35C0

NOVA YORK (Reuters) - Um tribunal federal de apelações dos Estados Unidos disse nesta terça-feira que a cidade de Nova York pode proibir anúncios dentro de veículos de empresas como Uber e Lyft.

Revertendo uma decisão de primeira instância, o 2º Tribunal de Apelações do Circuito dos EUA em Manhattan disse que a proibição não violou a Primeira Emenda da Constituição dos EUA.

A Vugo, uma empresa de tecnologia de Minnesota que insere conteúdo digital dentro de veículos de transporte privado, processou a cidade de Nova York em 2015 por causa da proibição, que, segundo ela, violou seus direitos de liberdade de expressão.

Na decisão desta terça-feira, o juiz Robert Katzmann disse que os passageiros consideram os anúncios dentro de veículos “irritantes” e que a proibição é um meio razoável para promover o interesse da cidade em “melhorar a experiência geral do passageiro”.

Representantes da Vugo e de Nova York não comentaram o assunto.

Por Jonathan Stempel

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up