July 22, 2019 / 3:56 PM / 4 months ago

Painel do governo indiano recomenda proibição de criptomoedas

Trabalho de mineração de criptomoedas é mostrado em equipmento da HydroMiner, na Áustria. REUTERS/Leonhard Foeger

NOVA DÉLHI (Reuters) - Um painel do governo indiano recomendou proibir todas as criptomoedas privadas e uma pena de prisão de até 10 anos e pesadas multas para quem negociar moedas digitais, o que pode sinalizar o fim delas na Índia.

O painel elaborou um relatório e um projeto de lei, que serão examinados pelo governo e pelos órgãos reguladores antes de uma decisão final, disse o governo nesta segunda-feira.

Mas o painel pediu ao governo que considere o lançamento de uma moeda digital oficial para funcionar como notas de banco, por meio do Reserve Bank da Índia.

O governo indiano emitiu diversas advertências contra o investimento em moedas digitais, dizendo que elas são como esquemas de pirâmides que oferecem incomuns retornos altos para os primeiros investidores.

O painel do governo, liderado pelo secretário de Finanças Subhash Chandra Garg, recomendou multa de até 250 milhões de rúpias (3,63 milhões de dólares) e prisão por até 10 anos para quem minerar, gerar, reter, vender, transferir ou emitir criptomoedas.

“Não há nenhum valor intrínseco subjacente nessas criptomoedas privadas”, disse o painel em seu relatório apresentado ao Ministério das Finanças.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below