August 2, 2019 / 2:44 PM / 4 months ago

Foxconn quer vender fábrica na China de US$8,8 bi, dizem fontes

17/11/2016 REUTERS/Aly Song/File Photo - RC1FA17CA200

TAIPÉ (Reuters) - A taiwanesa Foxconn está avaliando vender sua nova fábrica de painéis de LCD de 8,8 bilhões de dólares na China, disseram fontes familiarizadas ao assunto à Reuters, enquanto a demanda pelo produto diminui em meio à intensificação da guerra comercial EUA-China.

A Foxconn, formalmente conhecida como Hon Hai Precision Industry, está em negociações para nomear bancos para encontrar um comprador para sua fábrica de telas de cristal líquido (LCD) que está sendo construída na cidade de Guangzhou, no sul da China, disseram duas pessoas com conhecimento direto da questão.

A venda ocorreria em um momento delicado para a Foxconn, que tem grandes investimentos na China, uma grande lista de clientes dos EUA, que inclui Apple, e está navegando em uma rota complicada em meio a prolongada guerra comercial entre Washington e Pequim. Isso marcaria um dos seus maiores desinvestimentos da China.

“Não é uma venda fácil e pode demorar um pouco”, disse uma das fontes, citando a fraca demanda global por LCDs de tamanho grande.

A Foxconn, em uma declaração por escrito à Reuters, disse: “Por uma questão de política da empresa, a Foxconn não responde a rumores de mercado ou especulação”. As fontes pediram anonimato porque as deliberações são confidenciais.

A guerra comercial interrompeu as cadeias de fornecimento globais de tecnologia de maneira significativa, forçando a Foxconn a revisar a sua própria cadeia. Isso e a desaceleração da demanda por televisões e monitores de tela grande levaram a administração da Foxconn a procurar um comprador para a fábrica de LCD, disse uma das fontes familiarizadas com o pensamento da administração.

Também estavam sendo levantadas questões dentro da Foxconn sobre a necessidade do projeto de Guangzhou. “As fábricas existentes já não estão operando em capacidade total... por que precisam de outra?”, Disse a fonte.

A segunda fonte disse que a nova fábrica não começará a produção até o início de outubro, o que a torna menos atraente para os compradores por causa dos riscos adicionais em comparação a uma fábrica já em operação.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below