for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Senadores dos EUA perguntam a presidente da Amazon se selo engana clientes

30/07/2019. REUTERS/Carlos Jasso

WASHINGTON (Reuters) - Senadores dos Estados Unidos inquiriram nesta segunda-feira o presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezos, sobre como o selo “Amazon’s Choice” é definido para produtos e se a designação engana consumidores ao fazê-los comprar “produtos de qualidade inferior”.

“Estamos preocupados que o selo seja atribuído de maneira arbitrária, ou pior, com base em resenhas fraudulentas de produtos”, disseram os senadores democratas Bob Menendez e Richard Blumenthal em carta a Bezos.

O selo “Amazon’s Choice” (Escolha da Amazon) é uma pequena marca que aparece próxima de certos produtos, de forma semelhante à designação “mais vendido”.

A Amazon abriu um processo em 2015 para impedir companhias de escreverem resenhas falsas para vendê-las a varejistas interessados em ampliar suas vendas no site.

Os senadores afirmaram que a falta de informação sobre como a Amazon determina que produtos recebem o selo os levou a questionar se a companhia os está usando para “promover seus próprios produtos ante os de competidores, potencialmente colocando em desvantagem os vendedores menores na plataforma”.

Representantes da Amazon não puderam responder de imediato.

O Departamento de Justiça dos EUA anunciou em julho uma investigação se grandes companhias de tecnologia, incluindo serviços de varejo online estão engajadas em práticas anticompetitivas.

Por Bryan Pietsch

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up