for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ericsson e Deutsche Telekom se unem para desenvolver serviços industriais de rede 5G na Alemanha

Logotipo da Ericsson fotgorafo durante o Mobile World Congress (MWC), em Xangai, China. 28/6/2019. REUTERS/Aly Song

ESTOCOLMO (Reuters) - A Ericsson e a Deutsche Telekom vão se unir para atender à crescente demanda por tecnologia móvel em instalações industriais na Alemanha, já que as provedoras de comunicações buscam usos locais para a rede 5G com a implantação nacional, ainda a anos de distância.

A tecnologia 5G, que pode fornecer velocidades de dados pelo menos 20 vezes mais rápidas que o 4G, sustentará os grandes avanços da próxima era, desde carros autônomos e realidade aumentada até cidades inteligentes e inteligência artificial.

As duas empresas disseram nesta terça-feira que pretendem trabalhar juntas em locais como fábricas, aeroportos e portos.

As apostas são altas em um setor que deve gastar 275 bilhões de dólares em tecnologia 5G nos próximos sete anos apenas nos Estados Unidos, segundo estimativas da Accenture.

A empresa Gartner disse em no início do ano que a maioria das implantações 5G se concentrará inicialmente em regiões pontuais, acrescentando que menos de 45% dos provedores de serviços de comunicações em todo o mundo terão lançado redes comerciais 5G até 2025.

A Deutsche Telekom anunciou lançamento limitado de serviços 5G em seu mercado doméstico em julho, visando os primeiros usuários em cidades com tecnologia móvel de alta velocidade.

Por Helena Soderpalm

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up