for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Amazon Echo pode estar diminuindo uso do nome "Alexa" no Reino Unido

14/09/2016 REUTER/Peter Hobson - LR1EC9E193QT4

LONDRES (Reuters) - O número de pais no Reino Unido que chamam suas filhas de Alexa caiu mais da metade no ano passado, mostraram dados nesta quinta-feira, possivelmente devido ao vínculo com os dispositivos controlados por voz da Amazon Echo.

O Echo, um assistente inteligente que pode executar tarefas domésticas, como ligar luzes, responde ao nome Alexa.

“O crescimento do uso de assistentes de tecnologia em nossas casas pode ajudar a explicar por que o número de meninas chamadas Alexa caiu pela metade em comparação com 2017”, disse Nick Stripe, do Escritório de Estatísticas Nacionais (ONS) do Reino Unido.

Alexa foi o 380º nome mais popular para meninas na Inglaterra e no País de Gales no ano passado, com 118 recém-nascidas recebendo o nome - uma queda acentuada em relação a 2017, quando havia 301 Alexas.

Oliver e Olivia continuaram sendo os nomes mais populares para meninos e meninas, pelo sexto e terceiro ano consecutivos, respectivamente.

Por Molly Millar

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up