for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Papa continua doente e adia audiências pelo 2º dia, mas está trabalhando

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco continua “ligeiramente indisposto” e adiou todas as audiências oficiais desta sexta-feira, mas está trabalhando em sua residência.

Papa Francisco durante missa no Vaticano 27/02/2020 Mídia do Vaticano/Divulgação via REUTERS

Em comunicado, o Vaticano não especificou qual é o problema do papa, de 83 anos.

Em sua audiência geral na quarta-feira, Francisco parecia gripado e falou com uma voz ligeiramente rouca, e tossiu durante um serviço da Quarta-Feira de Cinzas realizado em uma igreja de Roma, sua última aparição fora do Vaticano.

O porta-voz Matteo Bruni disse que o papa rezou a missa matutina, como de costume, na capela da casa de hóspedes de Santa Marta, onde mora, e saudou os que compareceram.

“Mas ele achou melhor adiar as audiências oficiais de hoje. As reuniões marcadas em Santa Marta ocorrerão normalmente”, disse Bruni.

Segundo ele, o pontífice ainda está “ligeiramente indisposto”.

Na manhã desta sexta-feira, ele deveria receber executivos da Microsoft, da International Business Machines Corp e de outras empresas de tecnologia.

Seu discurso a eles no Palácio Apostólico deveria ser transmitido pela internet aos participantes de uma conferência sobre ética na Inteligência Artificial (IA) que acontece em Roma.

Na conferência, Microsoft, IBM, o Vaticano e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) assinaram um memorando de entendimento sobre a IA.

Normalmente, Francisco passa a manhã fazendo discursos a grupos e se reunindo com chefes de Estado no Palácio Apostólico do Vaticano.

Mas ao contrário de papas anteriores, ele decidiu não morar nos espaçosos apartamentos papais, preferindo as acomodações simples de Santa Marta, onde passa o restante do dia tratando de questões da Igreja.

Na quinta-feira, ele cancelou uma visita à basílica de Roma.

Francisco não tem parte de um pulmão, que foi retirada quando ele estava na faixa dos 20 anos e morava em sua Buenos Aires nativa, por causa de uma tuberculose.

Ele também sente alguma dor na perna por causa do nervo ciático, o que o obriga a fazer fisioterapia frequente e explica sua dificuldade ocasional ao subir degraus, mas no geral está com boa saúde.

Alguns serviços da Quarta-Feira de Cinzas foram cancelados ou limitados em áreas do norte da Itália atingidas pela disseminação do coronavírus.

Mais de 400 pessoas contraíram a doença e 12 morreram no país, o pior contágio de coronavírus registrado na Europa até o momento.

Várias pessoas foram à Praça de São Paulo para a audiência de quarta-feira com máscaras.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up