for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Reino Unido pede a Japão alternativas à Huawei em redes 5G, diz jornal Nikkei

29/01/2020. REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração

TÓQUIO (Reuters) - O governo britânico pediu ao Japão para ajudar a construir redes sem fio 5G sem a Huawei Technologies, disse o jornal Nikkei no domingo, mais um passo na guerra global de tecnologia e segurança entre os Estados Unidos e a China.

O Reino Unido nomeou a NEC Corp e a Fujitsu Ltd como possíveis fornecedores alternativos para a Huawei, informou o jornal diário, sem citar fontes.

As autoridades britânicas se encontraram com seus pares em Tóquio na quinta-feira, dois dias depois que o Reino Unido ordenou que os equipamentos da Huawei fossem removidos de suas redes 5G até o final de 2027, disse o Nikkei.

Enquanto o Reino Unido se prepara para deixar a União Europeia, receios quanto à segurança prestada pela Huawei obrigaram o primeiro-ministro Boris Johnson a escolher entre os Estados Unidos e a China, pesando uma aliança crítica contra bilhões em investimentos.

O Nikkei afirmou que a medida mais recente reflete o esforço do Reino Unido de trazer novos fornecedores de equipamentos para promover a concorrência e ajudar a reduzir os custos das operadoras de celular do país.

Reportagem adicional de David Kirton e Ryan Woo

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up