for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Qualcomm prevê vendas acima das estimativas, resolve disputa com a Huawei

Equipamento da Qualcomm produzido para direção autônoma de veículos. 5/1/2020. REUTERS/Jane Lanhee Lee

(Reuters) - A Qualcomm previu nesta quarta-feira receita trimestral muito acima das expectativas de Wall Street, impulsionada pelas fortes vendas de seus chips usados em dispositivos 5G, apesar da fraqueza do mercado de smartphones.

A empresa disse que resolveu uma disputa de licenciamento com a Huawei e que, embora a Huawei ainda esteja impedida de comprar chips da Qualcomm, agora ela voltou a pagar as taxas de licenciamento pela tecnologia sem fio.

Depois de resolver uma contundente batalha legal com a fabricante do iPhone no ano passado, a Qualcomm entrou em 2020 prevendo o crescimento da receita de dispositivos 5G, que trazem receita maior de chips por telefone à empresa.

Embora a companhia tenha fornecido processadores e modems há muito tempo para ajudar os telefones a se conectarem a redes de dados sem fio, ela também vendeu chips de radiofrequência para ajudar os fabricantes de telefones a lidarem com os sinais mais complexos envolvidos nas redes 5G.

Maior fornecedora mundial de chips para celulares, a Qualcomm disse esperar uma receita ajustada no trimestre atual entre 5,5 bilhões e 6,3 bilhões de dólares, antes estimativas dos analistas de 5,78 bilhões de dólares, segundo dados do Refinitiv do IBES.

Reportagem de Munsif Vengattil em Bangalore e Stephen Nellis em San Francisco

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up