for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Empresas de telefonia de Portugal não usarão Huawei em redes 5G

Logotipo da Huawei à frente de escritório da empresa. 14/7/2020. REUTERS/Matthew Childs

LISBOA (Reuters) - A NOS, a Altice e a Vodafone, que dominam o mercado de telefonia de Portugal, disseram que não usarão a tecnologia da Huawei em suas redes 5G, apesar de o governo não proibir a gigante chinesa da infraestrutura de rede.

Uma porta-voz da NOS disse que a empresa “não terá equipamentos da Huawei em sua rede principal” e escolherá os “melhores parceiros” para cada um dos componentes da rede.

Uma porta-voz da Vodafone Portugal disse que a empresa também não vai usar equipamentos da empresa chinesa.

Alexandre Fonseca, presidente-executivo da Altice Portugal, disse o mesmo em março. A empresa disse que essa continua sendo sua posição.

O ministro da Infraestrutura, Pedro Nuno Santos, confirmou à Reuters que “ouviu que a Huawei seria deixada de fora”, mas acrescentou: “Não tem nada a ver com as opções ou imposições do governo português, que neste assunto está absolutamente alinhado com a orientação europeia”.

“Não temos problemas a priori com nenhum fabricante”, disse Nuno Santos, revelando que um grupo criado pelo governo para avaliar riscos e questões de segurança cibernética ligadas ao 5G não tirou conclusões sobre nenhum fornecedor em particular.

A Huawei não respondeu de imediato ao pedido para comentar.

Por Sergio Gonçalves

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up