for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

China diz que se opõe firmemente às restrições dos EUA sobre a Huawei

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China Zhao Lijian em Pequim 08/04/2020 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

PEQUIM (Reuters) - A China informou nesta terça-feira que se opõe firmemente à supressão norte-americana da Huawei Technologies Co, depois que o governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que aumentaria ainda mais as restrições à empresa.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, falando em uma entrevista coletiva diária, pediu aos Estados Unidos que parem de desacreditar as empresas chinesas.

O governo de Pequim continuará a tomar todas as medidas necessárias para salvaguardar os direitos legítimos das empresas chinesas, disse Zhao.

Por Yew Lun Tian

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up