23 de Outubro de 2007 / às 03:16 / em 10 anos

Kodak encerrará patrocínio de Jogos Olímpicos depois de 2008

NOVA YORK (Reuters) - A empresa norte-americana de fotografia Eastman Kodak anunciou na sexta-feira que encerrará seu patrocínio dos Jogos Olímpicos após a edição de 2008 em Pequim, cortando uma antiga relação publicitária.

A Kodak tem sido uma das 12 patrocinadoras principais do evento há 20 anos, operando um centro de imagens para que os fotógrafos editem e transmitam seu trabalho, além de uma clínica de diagnóstico por imagem para atletas.

Além disso, a marca e a publicidade da Kodak estão estreitamente vinculadas aos esforços de marketing nas Olimpíadas --que, segundo os meios oficiais chineses, chegarão a 4 bilhões de telespectadores, 1 bilhão a mais que em Atenas em 2004.

Um porta-voz da companhia se recusou a detalhar os custos implicados em ser patrocinador de primeiro nível. Nos anos anteriores, a estimativa era de que esse número girava em torno de 55 milhões de dólares.

A Kodak está nas etapas finais de uma grande e cara separação do negócio de filmes, rumando para produtos digitais, e afirmou que precisa reavaliar sua estratégia de patrocínios.

Por Franklin Paul e Michele Gershberg

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below