September 2, 2009 / 7:19 PM / 9 years ago

Redes sociais conquistam grande fatia dos anúncios na Web

SAN FRANCISCO (Reuters) - Cerca de um em cada cinco dos anúncios convencionais veiculados na Internet dos Estados Unidos são vistos em sites de redes sociais como o MySpace e o Facebook, de acordo com um levantamento.

O estudo conduzido pela comScore, que pesquisa a audiência da Internet, sublinha a crescente importância dos sites de redes sociais no panorama da Internet, e a aceitação mais ampla desses sites pelas marcas anunciantes.

Também ilustra a crescente concorrência entre os sites de mídia social e empresas de Internet estabelecidas como o Yahoo e a America Online, da Time Warner, que há muito se definem como principais veículos online para os anúncios de grandes marcas.

A pesquisa da comScore, divulgada nesta terça-feira, informa que os sites de mídia social responderam por 21 por cento dos anúncios em formato convencional da Internet dos EUA, em julho, e MySpace e Facebook receberam mais de 80 por cento desses anúncios.

“Como os principais sites de mídia social conseguem oferecer alcance e frequência satisfatórios junto aos públicos-alvos visados, e a baixo custo, parece que alguns anunciantes estão ansiosos por usar os sites de redes sociais como um novo veículo para sua publicidade,” disse Jeff Hackett, vice-presidente sênior da comScore.

De acordo com a comScore, AT&T, Experian Interactive e a Ask Network, da IAC/Interactive Corp., foram os três maiores anunciantes nos sites de redes sociais, em julho.

Embora os sites de mídia social venham desfrutando de alta em sua popularidade nos últimos anos —o Facebook é hoje o quarto mais visitado site da Internet mundial—, alguns observadores questionam se é possível monetizá-los de forma efetiva.

Como o conteúdo nos sites de mídia social é criado pelos usuários, e pode por isso ser ousado ou ofensivo, há quem questione a disposição dos anunciantes para veicular suas marcas em companhia de conteúdo desse tipo.

O preço dos anúncios em sites de redes sociais é bem menor do que em portais como Yahoo ou America Online, disse o analista Jeff Lindsay, da Sanford Bernstein.

O vasto volume de páginas disponíveis nos sites de redes sociais significa que os anunciantes podem comprar grande número de anúncios a preços baixos.

Reportagem de Alexei Oreskovic

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below