29 de Outubro de 2010 / às 13:34 / em 7 anos

Lucro da TIM cai no 3o tri, mas supera previsões

Por Rodolfo Barbosa

SÃO PAULO (Reuters) - A TIM Participações divulgou nesta sexta-feira queda no lucro do terceiro trimestre, mas o resultado superou a média das previsões de analistas obtidas pela Reuters. No front operacional, a receita e a geração de caixa da empresa cresceram.

A operadora de telefonia manterá no quarto trimestre a agressiva estratégia de crescimento na base de clientes, que foi bem-sucedida no terceiro trimestre.

A TIM teve lucro líquido de julho a setembro de 124,7 milhões de reais, abaixo do ganho pro-forma um ano ante incluindo a controlada Intelig de 194,9 milhões de reais. A linha final do resultado de julho a setembro de 2009 foi beneficiada pela variação cambial sobre uma dívida em moeda estrangeira da Intelig.

Sem a Intelig, o lucro reportado pela TIM no terceiro trimestre do ano passado tinha sido de 61 milhões de reais.

A previsão média de cinco analistas consultados pela Reuters era de lucro de 99 milhões de reais no último trimestre.

Do lado operacional, o terceiro trimestre marcou avanço expressivo da base de usuários de celular da TIM, terceira maior operadora móvel do país atrás de Vivo e Claro. A empresa foi a que mais conquistou market share no setor, adicionando 2,5 milhões de linhas entre julho e setembro e encerrando o mês passado com 46,9 milhões de assinantes.

O presidente da TIM, Luca Luciani, disse em teleconferência que o plano é encerrar 2010 com uma base de usuários na casa dos 50 milhões.

RECEITA E EBITDA

A TIM teve receita líquida total de 3,65 bilhões de reais no terceiro trimestre, alta de 6,1 por cento sobre igual intervalo do ano passado.

A receita média por usuário (Arpu) foi de 23,4 reais, queda de 10 por cento contra um ano antes. O uso da rede, porém, aumentou de forma expressiva: os minutos mensais de uso (MOU) passaram de 90 minutos por cliente no terceiro trimestre de 2009 para 123 minutos.

O Ebitda --sigla em inglês para lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização-- somou 924 milhões de reais, um crescimento de 19,6 por cento na comparação anual. A margem Ebitda cresceu 2,8 pontos percentuais, chegando a 25,3 por cento.

“Após os fortes resultados do terceiro trimestre, reiteramos nossa recomendação de compra (para a ação da TIM). A TIM continua como uma das melhoras opções para nós”, afirmou o analista Alexandre Garcia, do Citi, em relatório.

A TIM investiu 463 milhões de reais no terceiro trimestre, a maior parte direcionada para ampliação da cobertura 2G e aumento da cobertura 3G, cuja meta é encerrar 2010 cobrindo 60 por cento da população urbana.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below