January 18, 2011 / 1:01 PM / 7 years ago

Samsung e empresas asiáticas de tecnologia enfrentarão Apple

Por Miyoung Kim

SEUL (Reuters) - As ágeis empresas asiáticas de tecnologia, lideradas pela Samsung Electronics, parecem bem posicionadas para desacelerar o sucesso frenético da Apple, depois que notícias de que o visionário presidente-executivo da empresa, Steve Jobs, tirará uma licença médica abalaram as ações da companhia.

A mais recente licença médica de Jobs, a terceira desde 2004, surge no momento em que a mais valiosa empresa de tecnologia do mundo enfrenta sua mais grave ameaça, vinda do Google com o seu sistema operacional Android para celulares, que vem conquistando crescimento acelerado como escolha preferencial para os rivais tanto do iPhone quanto do iPad.

A Samsung, que está na dianteira da longa linha de rivais determinados a deter o sucesso cada vez maior da Apple nos celulares inteligentes e tablets, é vista como a maior das ameaças, e suas ações subiram em três por cento e estabeleceram novo recorde, em parte com a ajuda dessas expectativas.

“Não haverá mudanças fundamentais na Apple, mas a notícia de que Jobs está tirando licença pode prejudicar as ações da empresa por motivos psicológicos, e oferecer uma oportunidade para que os investidores realizem os lucros obtidos com as ações, depois da grande alta recente”, disse Lee Seung-woo, analista da Shinyoung Securities.

“A Samsung representa a melhor alternativa para investidores que desejem exposição ao setor de tecnologia, porque no momento é a maior ameaça à Apple”, acrescentou.

O anúncio da Apple —uma surpresa acontecida em um feriado no qual os mercados estavam fechados— causou queda de mais de seis por cento em suas ações nos mercados europeus na segunda-feira. Elas registram alta de 62 por cento nos últimos 12 meses na bolsa Nasdaq.

A Samsung, sob a liderança da família Lee, se tornou uma das maiores marcas mundiais, nos últimos 10 anos, e no momento detém valor de mercado de 136 bilhões de dólares, o que equivale aos valores somados da Sony, Nokia, Toshiba e Panasonic.

Ainda assim, seu valor de mercado é inferior aos 320 bilhões de dólares atingidos pela Apple.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below