June 2, 2011 / 2:15 PM / in 7 years

Colômbia é a bola da vez em venda de endereços de Internet?

Por Georgina Prodhan

LONDRES, 2 de junho (Reuters) - Empresas globais como Twitter e Amazon.com estão comprando endereços de Internet colombianos, sob o domínio .co, atraídas pela possibilidade de garantir a extensão .co ou ter um nome mais curto.

A Colômbia, que só tinha 28 mil endereços de Internet registrados antes de criar o domínio .co um ano atrás, acaba de registrar o milionésimo endereço.

“É reconhecível em todo o mundo, curto e conta com uma tecnologia incrível como base,” diz Juan Diego Calle, presidente-executivo da .CO Internet, operadora de registro para o domínio .co.

Ele diz que a companhia atrai principalmente pequenas empresas que não conseguiram obter um endereço .com que as agradasse —mais de 90 milhões de endereços .com já foram registrados. Mas há companhias de grande porte que também estão buscando o novo domínio.

O Twitter, por exemplo, registrou o endereço t.co, a Amazon tem um domínio .co, e o grupo de varejo online norte-americano Overstock está se reposicionando internacionalmente com o domínio o.co.

Calle, um colombiano experiente como empresário de Internet, investiu 5 milhões de dólares para criar a .CO Internet e derrotou rivais como a VeriSign, que atua como registro mundial para os domínios .com e .net.

A empresa sediada em Miami assumiu a gestão do .co em julho de 2010, e organizações ou pessoas agora podem comprar um endereço .co a partir de 11,99 dólares, em empresas de registro de endereços online como a Go Daddy.

Nomes curtos e atraentes como t.co não são vendidos por meio dessas empresas, mas em negociações particulares diretas.

O preço mais alto que a empresa revelou por um domínio foram os 350 mil dólares pagos pela Overstock pelo o.co, mas Calle diz que o crescente conhecimento quanto à disponibilidade dos domínios .co e a maior demanda por endereços curtos para aplicativos móveis vêm levando a uma alta nos preços.

“Depois de nosso acordo com a Amazon e alguns outros negócios nos últimos meses, o preço dos domínios de uma única letra já passa de 1,5 milhão de dólares,” disse Calle à Reuters.

Outros países também exploram seus nomes de domínio geográficos.

O domínio .tv, da ilha de Tuvalu, na Polinésia, é usado por muitas organizações televisivas, e o .me, de Montenegro, é cada vez mais popular nos aplicativos para smartphones como o iPhone, da Apple.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below