29 de Agosto de 2011 / às 23:25 / 6 anos atrás

HP afirma que prefere separar unidade de PCs da empresa

SAN FRANCISCO (Reuters) - A HP informou nesta segunda-feira que prefere separar sua unidade de computadores pessoais do restante da companhia e que, no momento, está estudando as implicações desse processo.

A maior empresa de tecnologia em receita chocou investidores ao anunciar mais cedo neste mês que está considerando alternativas estratégicas para sua unidade Personal Systems Group (PSG) --que inclui o negócio de PCs.

A norte-americana também desistiu de seu novo tablet como parte de uma modernização que irá distanciá-la dos produtos direcionados ao mercado consumidor.

“Preferimos separar a unidade e formar uma companhia diferente e a hipótese de trabalho é que uma divisão estaria no interesse dos acionistas, clientes e funcionários da HP”, afirmou uma porta-voz da empresa.

“No entanto, precisamos concluir o processo de avaliação dos ativos e validar essa suposição, o que inclui compreender totalmente a perda de sinergias em separar a PSG da HP”.

Algumas das alternativas exploradas pela HP incluem a separação da unidade em outra companhia por meio de uma divisão ou venda.

A HP afirmou que o processo total pode levar de 12 a 18 meses, mas que uma decisão final sobre a unidade deve ser tomada no fim deste ano.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below