24 de Maio de 2012 / às 18:54 / em 5 anos

Analistas apoiam planos de demissão da HP

24 Mai (Reuters) - Analistas disseram que o plano de corte de empregos da HP é um passo na direção correta, mas a fabricante de computadores terá de fazer mais para recuperar a confiança dos investidores.

“Embora não acreditemos que a HP resolveu todos os seus problemas, com certeza vemos a empresa se movendo na direção correta”, escreveu o analista Amit Daryanani, do RBC Capital Markets LLC, em nota a clientes.

A crescente popularidade de aparelhos de computação móvel como o iPad, da Apple, tem prejudicado as vendas de PCs há anos e uma oscilação negativa nos mercados europeus apenas intensificou a pressão sobre empresas do setor.

A concorrente Dell divulgou uma previsão frustrante para sua receita no início desta semana, o que incentivou temores de que os gastos mundiais em tecnologia estejam desacelerando mais rápido do que o antecipado.

A HP disse que a demissão de 27 mil funcionários, ou 8 por cento de sua força de trabalho, será realizada principalmente por meio de aposentadorias antecipadas e gerará uma economia anual de 3 a 3,5 bilhões de dólares a partir do final do ano fiscal de 2014. A empresa emprega mais de 300 mil pessoas em todo o mundo.

A HP, cujo lucro no segundo trimestre de 2012 superou as estimativas de analistas, disse que espera utilizar a economia advinda dos cortes de empregos para impulsionar o crescimento orgânico da empresa.

Reportagem de Supantha Mukherjee

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below