4 de Janeiro de 2013 / às 13:38 / em 5 anos

UE mantém investigação contra Google apesar de decisão dos EUA

BRUXELAS, 4 Jan (Reuters) - A decisão das autoridades norte-americanas de arquivar uma investigação para determinar se o Google prejudicou concorrentes manipulando resultados de buscas não influenciará o inquérito da União Europeia.

Comissário sobre competição da União Europeia, Joaquin Almunia, gesticula durante coletiva de imprensa em Bruxelas, na Bélgica. A decisão das autoridades norte-americanas de arquivar uma investigação para determinar se o Google prejudicou concorrentes manipulando resultados de buscas não influenciará o inquérito da União Europeia. 05/12/2012 REUTERS/Laurent Dubrule

“Estamos cientes da decisão da Comissão Federal de Comércio, mas não tem influência direta sobre nossa investigação e nossa negociação com o Google, que continuam”, afirmou o porta-voz da Comissão Europeia, Michael Jennings.

As autoridades norte-americanas encerraram na quinta-feira a investigação sobre a companhia, que opera o mais popular serviço de buscas da Internet.

Empresas como a Microsoft haviam acusado o Google de manipular resultados de buscas para dar destaque aos próprios produtos, mas a FTC disse que não existem provas suficientes para justificar um processo formal.

A Comissão Europeia vem investigando há dois anos acusações de suposta manipulação pelo Google de resultados de buscas.

Por Ethan Bilby

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below