for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Vendas da Barnes & Noble despencam; empresa prevê mais perdas

25 Jun (Reuters) - A Barnes & Noble informou nesta terça-feira que seu prejuízo líquido trimestral mais que dobrou, conforme as vendas de seu aparelho Nook e de e-books continuavam a despencar, e prevê uma queda brusca nos negócios em suas livrarias.

As ações caíram 7,5 por cento, para 17,40 dólares, na negociação antes da abertura mercado.

A receita de seus negócio Nook, incluindo e-books e os aparelhos, caiu 34 por cento, já que vendeu menos e-readers e tablets e reduziu os preços.

A Barnes & Noble, maior cadeia de livrarias dos EUA, lançou a primeira versão do e-reader Nook em 2009 para competir com o líder de mercado Kindle, da Amazon.com, e garantir um lugar no mercado de e-books em rápida expansão. Agora também compete com os dispositivos da Apple e Google.

Porém, combater estes rivais tem sido caro: a Barnes & Noble perdeu 475,4 milhões de dólares no ano fiscal passado e teve que repetidamente cortar preços para atrair compradores.

Para conter esses prejuízos, a rede de livrarias afirmou que seus tablets vão agora ser produzidos e comercializados em parceria com uma fabricante de eletrônicos de consumo, a qual não identificou. Ele vai continuar desenvolvendo seus próprios e-readers.

Reportagem de Phil Wahba, em Nova York

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up