for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
marketsNews

Ações europeias recuam com temores sobre a Turquia

LONDRES (Reuters) - As ações de bancos arrastavam os mercados europeus nesta segunda-feira, com a crescente crise econômica na Turquia sacudindo a confiança dos investidores nos credores expostos ao país, enquanto o papel do grupo farmacêutico Bayer afundava mais de 10 por cento depois que sua subsidiária Monsanto perdeu uma ação importante.

Às 7:50 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias caía 0,52 por cento, a 1.503 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 perdia 0,48 por cento, a 384 pontos.A ação da Bayer tinha mau desempenho, com queda de cerca de 10 por cento depois que a Monsanto, gigante da agricultura norte-americana que adquiriu em junho, foi condenada a pagar uma indenização judicial alegando que o herbicida glifosato causou o câncer de um homem.

Os papéis de bancos da zona do euro caíam mais de 2 por cento, com os bancos expostos à Turquia BBVA, Unicredit e BNP Paribas com perdas de 2 a 2,8 por cento.

A crescente crise econômica na Turquia, que levou a lira a um novo recorde de baixa de 7,24 por dólar durante a noite, estimulava a venda nos mercados globais, com contágio em outros mercados emergentes.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuava 0,56 por cento, a 7.623 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdia 0,34 por cento, a 5.396 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha desvalorização de 0,96 por cento, a 20.887 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava baixa de 1,09 por cento, a 9.497 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizava-se 1,88 por cento, a 5.522 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up