August 13, 2018 / 2:31 PM / 4 months ago

Bovespa ensaia melhora com NY e exportadoras, mas Turquia e eleições endossam cautela

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa ensaiava uma melhora na manhã desta segunda-feira, apoiado na abertura mais positiva de Wall Street e avanço de ações de exportadoras diante de nova alta do dólar ante o real, embora o aprofundamento da crise na Turquia e incertezas eleitorais sustentassem alguma cautela entre investidores.

Visitantes na B3 olham para monitor com cotações da bolsa; 10/08/11 REUTERS/Paulo Whitaker

Às 11:13, o Ibovespa subia 0,25 por cento, a 76.705,45 pontos. O volume financeiro somava 2 bilhões de reais.

Ainda no exterior, a lira turca voltou a cair nesta sessão, deixando investidores preocupados com o risco de um efeito cascata em outras moedas, contaminando também bolsas no exterior. O índice MSCI de mercados emergente recuava 1,75 por cento.

Como pano de fundo da crise turca estão o quadro inflacionário e a ausência de medidas de controle econômico por parte do banco central da Turquia, além da desavença diplomática com os EUA, que resultou em sanções para aquele país. O BC turco prometeu fornecer liquidez conforme o necessário.

As bolsas em Nova York, contudo, abriram no azul, com a alta de ações do setor de tecnologia ajudando a compensar o efeito vendedor das preocupações com a Turquia e ajudando o pregão brasileiro. O S&P 500 subia 0,24 por cento.

Em nota a clientes, a equipe da corretora Mirae destacou que o Ibovespa também é contaminado pelo momento político brasileiro, “diante das incertezas de quem irá conduzir o país a partir do próximo ano”.

DESTAQUES

- USIMINAS PNA subia 3 por cento, após desabar mais de 7 por cento na sexta-feira, diante da explosão de um gasômetro na usina de Ipatinga (MG), que paralisou alto-fornos e deixou 34 feridos. A companhia disse nesta segunda-feira que prevê retomar a operação do alto-forno nº 3 daquela usina até quarta-feira. No setor, CSN avançava 1,64 por cento e GERDAU PN operava estável.

- VALE tinha elevação de 1,64 por cento, mesmo diante da leve queda do preço do minério de ferro à vista na China ajudando no avanço do Ibovespa em razão da participação relevante que detém na composição do índice.

- SUZANO subia 0,66 por cento, favorecida por nova valorização do dólar em relação ao real, que dava suporte ao setor de papel e celulose como um todo.

- PETROBRAS PN subia 0,56 por cento, apesar de fraqueza dos preços do petróleo no exterior.

- BRF declinava 2,84 por cento, entre as maiores quedas do Ibovespa, ainda enfraquecida por prejuízo bilionário no segundo trimestre divulgado na sexta-feira, em resultado muito pior do que o esperado no mercado. Também na sexta-feira a agência de classificação de risco S&P cortou o rating de escala corporativa global da companhia de alimentos de ‘BB+’ para ‘BB’, com perspectiva negativa.

- GOL PN perdia 3,17 por cento, afetada pela valorização do dólar, que chegou a 3,9168 reais na máxima da sessão desta quarta-feira até momento. No segundo trimestre, a companhia aérea amargou um prejuízo de 1,3 bilhão de reais, pressionada pela variação cambial que pesou sobre o resultado financeiro do período.

Por Paula Arend Laier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below