December 5, 2018 / 6:29 PM / 7 days ago

Nervosismo sobre crescimento e comércio derruba ações europeias para mínimas de duas semanas

LONDRES (Reuters) - Preocupações sobre os mercados de títulos dos EUA sinalizarem uma recessão em breve e a continuidade da guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo pressionaram as ações europeias a cair ainda mais nesta quarta-feira, depois de um recuo de 3 por cento em Wall Street na véspera.

Operador olha gráfico de flutuação de mercado na bolsa de Londres 06/02/2018 REUTERS/Simon Dawson

O índice pan-europeu STOXX 600 terminou em baixa de 1,2 por cento, em seu menor nível desde 23 de novembro. O índice da zona do euro e o alemão DAX também caíram 1,2 por cento.

As bolsas dos EUA estão fechadas nesta quarta-feira para um dia de luto em homenagem ao ex-presidente George H.W. Bush, que morreu na semana passada.

Setores cíclicos como construção e mineradoras registraram as maiores quedas, com recuo de 2,2 por cento e 1,8 por cento, respectivamente, conforme investidores se desfaziam de ações muito sensíveis a crescimento econômico.

“Os cíclicos são muito dependentes de acelerações no crescimento, eles são a economia muito real, sensível a faturamentos maiores”, disse John Ricciardi, CEO e gerente de portfólio na Kestrel Investment Partners.

A inversão de partes da curva de rendimentos dos Estados Unidos significa que investidores estão começando a entrar em pânico sobre crescimento futuro e inflação, acrescentou Ricciardi.

Analistas reduziram suas estimativas para o crescimento dos resultados em 2019, diante do mau humor dos mercados no outono (do hemisfério norte).

Os bancos também caíram, 0,7 por cento, mas as perdas foram limitadas por uma recuperação em instituições financeiras italianas, conforme os rendimentos dos títulos do governo italiano continuavam a cair fortemente com as esperanças de que Roma poderia cortar seus planos de gasto no Orçamento.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 1,25 por cento, a 1.396 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,44 por cento, a 6.921 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,19 por cento, a 11.200 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,36 por cento, a 4.944 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,13 por cento, a 19.328 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,55 por cento, a 9.012 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,35 por cento, a 4.921 pontos.

Por Helen Reid

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below