for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
marketsNews

Índices europeus fecham estáveis por incertezas com negociações comerciais e política dos EUA

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus fecharam estáveis nesta quarta-feira em uma sessão agitada em meio a negociações comerciais entre Estados Unidos e China e à incerteza sobre os problemas legais do presidente norte-americano, Donald Trump.

O índice FTSEurofirst 300 terminou estável, a 1.502 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 registrou variação negativa de 0,03 por cento, a 384 pontos, com os investidores aguardando para ver se os EUA e a China conseguiriam avançar na resolução de seu conflito comercial.

A evolução política nos EUA teve efeitos limitados, pelo menos até agora. O ex-advogado de Trump, Michael Cohen, declarou-se culpado de violações de financiamento de campanha na terça-feira e Paul Manafort, ex-gerente de campanha, foi considerado culpado por acusações de fraude fiscal e bancária.

“Os mercados de ações estão mistos, já que as negociações comerciais ainda dominam as manchetes”, disse David Madden, analista de mercado da CMC Markets UK, em nota.

Enquanto a alta no preço do petróleo impulsionou as ações do setor e as mineradoras também avançaram, o setor automobilístico mostrou desempenho inferior ao recuar mais de 3 por cento depois de um alerta de lucro da Continental AG.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,11 por cento, a 7.574 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX perdeu 0,04 por cento, a 12.380 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,22 por cento, a 5.420 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,40 por cento, a 20.699 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,33 por cento, a 9.580 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,22 por cento, a 5.516 pontos.

Por Julien Ponthus

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up