for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Regulador chinês controlará número de novos videogames online

(Reuters) - Um regulador da China deve controlar o total de novos videogames online e adotar medidas para limitar o tempo que jovens passam jogando, informou o Ministério da Educação nesta quinta-feira.

A diretriz foi incluída em documento publicado no site do ministério descrevendo como a China responderia ao agravamento das taxas de miopia entre os jovens.

A Administração de Imprensa e Publicações “implementará controles sobre o total de games, controlará o número de novos jogos online, explorará um sistema de classificação etária, de acordo com as condições nacionais da China e tomará medidas para limitar o tempo que menores de idade jogam”, disse o documento.

Os altos níveis de miopia também seriam causados pela pesada carga de estudos, a disseminação de telefones celulares e outros dispositivos eletrônicos e a falta de atividades ao ar livre e exercícios, segundo o documento.

A China é o maior mercado de videogames do mundo. O processo de aprovação para lançamento de jogos do país ficou em evidência recentemente, já que a maior desenvolvedora de jogos da China, Tencent, viu um raro declínio nos ganhos após um de seus jogos serem afetados por um congelamento das aprovações.

O documento também pede que os pais limitem o tempo que seus filhos passam usando celulares e outros dispositivos eletrônicos, e recomendam que as crianças passem mais de uma hora ao ar livre todos os dias.

Por Elias Glenn

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up