September 3, 2018 / 3:14 PM / 20 days ago

Sem referência de NY, Bovespa recua com cena eleitoral no radar

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista iniciava o mês de setembro com perdas nesta segunda-feira, em sessão marcada por feriado nos Estados Unidos e viés negativo em mercados emergentes, com agentes financeiros também repercutindo o noticiário relacionado à corrida presidencial brasileira, incluindo pesquisa eleitoral.

Operadores em corretora de São Paulo 18/05/ 2017. REUTERS/Paulo Whitaker

Às 12:04, o Ibovespa caía 0,39 por cento, a 76.379,36 pontos. O volume financeiro somava 1,6 bilhão de reais.

Pesquisa de intenção de votos para a eleição de outubro encomendada pelo BTG Pactual ao Instituto FSB Pesquisa, divulgada nesta segunda-feira, mostrou novamente o candidato Jair Bolsonaro (PSL) na liderança da disputa pela Presidência da República, com 26 por cento de apoio.

Em seguida, estão Ciro Gomes (PDT), com 12 por cento, Marina Silva (Rede), com 11 por cento, Geraldo Alckmin (PSDB), com 8 por cento e Fernando Haddad (PT), com 6 por cento.

Para a semana, ainda são aguardados novos levantamentos, incluindo Ibope e Datafolha, entre outros.

Estrategistas de ações esperam volatilidade para as próximas semanas, de acordo com carteiras recomendadas compiladas pela Reuters, dado o cenário eleitoral no país ainda sem visibilidade quanto a seu desfecho, com o primeiro turno da eleição marcado para 7 de outubro.

A equipe da corretora Safra avalia que o cenário volátil que marcou agosto deve permanecer ao longo de setembro e possivelmente após o primeiro turno.

Profissionais da área de renda variável também citaram que a ausência de negócios em Wall Street por feriado nos EUA nesta segunda-feira prejudica a liquidez e a dinâmica, o que dificulta uma avaliação mais contundente sobre o desempenho da bolsa brasileira nesta sessão.

DESTAQUES

- ITAÚ UNIBANCO PN caía 0,64 por cento e BRADESCO PN cedia 0,78 por cento, entre as maiores pressões de baixa, mas com o setor bancário como um todo no vermelho. BANCO DO BRASIL em baixa de 0,86 por cento e SANTANDER BRASIL UNIT perdendo 0,26 por cento.

- PETROBRAS PN recuava 1,25 por cento, apesar da alta dos preços dos futuros do petróleo. A companhia informou nesta segunda-feira que realizou em agosto operações de administração de passivos de 1,45 bilhão de dólares. Também convocou assembleia geral extraordinária para outubro para deliberar sobre a eleição de dois novos membros do conselho de administração da companhia.

- B2W perdia 3 por cento, em sessão negativa para papéis de consumo de modo geral, tendo de pano de fundo alta nas taxas futuras de juros.

- GOL caía 2,3 por cento, afetada pelo movimento no mercado de câmbio, com a moeda norte-americana subindo mais de 1 por cento em relação ao real.

- ULTRAPAR subia 4,9 por cento, liderando os ganhos do Ibovespa, após o blog do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, publicar no fim de semana que o fundo norte-americano Advent estaria de olho no grupo Ultra. “Quer comprar uma fatia que lhe permita fazer parte do bloco de controle”, disse a nota.

Por Paula Arend Laier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below