September 12, 2018 / 11:31 AM / in 2 months

Ações emergentes atingem o menor patamar desde maio de 2017; lira se firma

Pessoa conta dinheiro em Pequim, China 21/09/2016 REUTERS/Thomas Peter

LONDRES (Reuters) - O índice de ações dos mercados emergentes do MSCI ampliou suas perdas nesta quarta-feira, atingindo o nível mais baixo desde maio de 2017, com as tensões comerciais afetando as bolsas asiáticas, enquanto a lira turca se firmava antes do aumento de juros esperado para quinta-feira.

A China disse à Organização Mundial do Comércio (OMC) que quer impor 7 bilhões de dólares por ano em sanções aos Estados Unidos em retaliação ao não cumprimento por parte de Washington de uma decisão em uma disputa sobre as taxas de dumping norte-americanas.

Separadamente, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que os EUA estão assumindo uma posição dura com a China.

“Há muitos fatores externos que pesam negativamente no psicológico dos investidores - as guerras comerciais, por exemplo, que não estão apenas colocando um país contra o outro, mas os conflitos estão agora generalizados, com muitos países envolvidos e afetados”, disse Cristian Maggio, chefe de estratégia de mercados emergentes na TD Securities.

O presidente do banco central britânico, Mark Carney, também alertou que o sistema financeiro da China representa um dos maiores riscos para a estabilidade financeira global.

As bolsas asiáticas sofreram o maior impacto das vendas, com o índices asiático excluindo Japão caindo por 10 sessões seguidas, série mais longa desde setembro de 2000.

O iuan chinês atingiu seu nível mais fraco em relação ao dólar em duas semanas e meia depois que a taxa de orientação oficial foi fixada em seu menor patamar desde o dia 24 de agosto.

A rúpia indiana atingiu outra mínima recorde antes de avançar 0,4 por cento, com a expectativa de que a inflação caia abaixo da meta de médio prazo do banco central em agosto.

Mas a lira turca subia cerca de 1 por cento antes da reunião do banco central na quinta-feira. A autoridade monetária sinalizou que tomará medidas depois que a inflação saltou 17,9 por cento em agosto, nível mais alto em quase uma década e meia.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below