September 13, 2018 / 9:37 PM / 8 days ago

Wall Street sobe com Apple e alívio na tensão comercial

NOVA YORK (Reuters) - A Apple liderou uma recuperação das ações do setor de tecnologia e impulsionou os três maiores índices acionários dos Estados Unidos nesta quinta-feira, enquanto as preocupações comerciais esfriaram após a China aceitar novas conversas com os EUA.

Operadores na New York Stock Exchange, (NYSE), em Nova York, EUA 08/03/2018 REUTERS/Brendan McDermid

O índice Dow Jones subiu 0,57 por cento, a 26.146 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,528225 por cento, a 2.904 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,75 por cento, a 8.014 pontos.

O Dow Jones chegou perto de sua pontuação máxima, alcançada no dia 26 de janeiro, fechando com o melhor resultado desde 1º de fevereiro e apenas 1,6 por cento abaixo do recorde do primeiro mês do ano. O S&P e o Nasdaq já superaram seus picos de janeiro para novos recordes nas últimas semanas.

O índice de tecnologia do S&P subiu 1,2 por cento no dia, seu maior ganho percentual desde o dia 2 de agosto, puxado pela Apple, que cresceu 2,4 por cento.

A data de uma nova rodada de negociações comerciais entre EUA e China continua incerta. O presidente Donald Trump disse que os Estados Unidos não estariam sob pressão alguma para fechar um acordo com seus pares chineses.

“As ações já tiveram um impulso ontem quando os investidores souberam que a administração Trump procurou a China para retomar as discussões comerciais”, disse o gerente de portfólio da Allianz Global Investors, Burns McKinney.

Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below