for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
marketsNews

Dólar tem leve alta ante real de olho no exterior e pesquisa eleitoral

Imagem ilustrativa de notas de real e dólar em casa de câmbio no Rio de Janeiro 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar iniciou a terça-feira com leve alta ante o real, após os Estados Unidos adotarem tarifas sobre 200 bilhões de dólares em produtos importados da China e em meio às expectativas de mais uma rodada de pesquisa de intenção de votos para a eleição presidencial no Brasil.

Às 9:12, o dólar avançava 0,41 por cento, a 4,1423 reais na venda, depois de terminar a véspera com queda de 1 por cento, a 4,1252 reais. O dólar futuro tinha queda de cerca de 1,15 por cento.

O presidente dos EUA, Donald Trump, intensificou sua guerra comerciais com a China ao impor tarifas de 10 por cento sobre cerca de 200 bilhões de dólares em importações chinesas. A China afirmou que não tem escolha a não ser retaliar.

O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 10,9 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares para rolagem do vencimento de outubro, no total de 9,801 bilhões de dólares.

Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

Por Claudia Violante

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up