for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
marketsNews

Peso argentino enfraquece com investidores à espera de acordo com FMI

Pessoa segura notas de peso argentino em Buenos Aires, Argentina 30/08/2018 REUTERS/Marcos Brindicci

BUENOS AIRES (Reuters) - O peso da Argentina abriu mais fraco nesta quarta-feira, com investidores aguardando detalhes sobre a revisão de um acordo de financiamento com o Fundo Monetário Internacional (FMI), em meio a especulações sobre se o banco central irá intervir menos para dar apoio à moeda, um dia depois da renúncia do presidente da instituição.

O peso recuou 0,26 por cento no início de um pregão de baixa liquidez para 38,60 por dólar, com investidores aguardando pistas sobre a direção da política monetária sob o novo presidente do banco central, Guido Sandleris, que foi nomeado na véspera depois que seu predecessor, Luis Caputo, renunciou inesperadamente.

O ministro da Economia, Nicolas Dujovne, disse na véspera em Nova York, onde ele participa da Assembleia Geral das Nações Unidas, que os detalhes do acordo revisado com o FMI estavam sendo finalizados e devem ser anunciados nesta quarta-feira.

A mudança no banco central na terça-feira derrubou o peso e abalou a confiança de investidores, com protestos nacionais contra a inflação elevada fechando o transporte público e portos por todo o país.

Reportagem de Jorge Otaola e Walter Bianchi

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up